ler mais...
15 Setembro 2009

Marcelo Rebelo de Sousa tem defeitos. Às vezes, usa o programa (As Escolhas de Marcelo, RTP1, domingos à noite) para ajustar contas pessoais. Outras, esquece-se dos erros e dos fracassos que marcaram a sua própria passagem pela presidência do PSD. Outras ainda, deixa que a sua agenda política pessoal (a candidatura à Presidência da República em 2016) nos prive de uma opinião franca e aberta.

Mas Marcelo Rebelo de Sousa é também um fenómeno único na nossa TV – e um fenómeno com virtudes que vão muito para além da simples lógica partidária. Um exemplo? A preclaridade com que este domingo nos explicou o quão empatadas, apesar de tudo, estão as eleições. “Fiz as contas. Portugal tem 9.480.690 eleitores. Se votarem 65%, e tendo em conta que a vantagem média conseguida pelo PS nas sondagens é de 3%, o problema está em 183 mil pessoas”, começou. “Portanto, 90 mil pessoas, mudando para um lado ou para o outro, farão a diferença. São menos de dois estádios de Alvalade ou do Dragão. É um Estádio da Luz e mais um bocadinho.”
Não temos mais disto – e seria de alguma forma trágico se, entretanto, o programa fosse efectivamente colocado está em risco. De resto, Marcelo não parece apostado em influenciar muito mais estas Legislativas: no regresso de férias, sublinhou uma declaração de interesses, foi imparcial na avaliação dos debates e aceitou com (aparente) bonomia o facto de o futebol reduzir a 10 minutos todos os seus programas antes de dia 27.

CRÓNICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 15 de Setembro de 2009

publicado por JN às 22:38

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
joel neto

Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974. Publicou “O Terceiro Servo” (romance, 2000), "O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002), “Al-Jazeera, Meu Amor” (crónicas, 2003) e “José Mourinho, O Vencedor” (biografia, 2004). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista, tem trabalhado... (saber mais)
nas redes sociais

livros

"O Terceiro Servo",
ROMANCE,
Editorial Presença,
2000
saber mais...


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
saber mais...


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
saber mais...


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicaçõets Dom Quixote,
2004
saber mais...


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
saber mais...


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
saber mais...

arquivos
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D