ler mais...
03 Julho 2010

mesmo tempo – e é ainda mais alguma coisa. Durante duas décadas e meia, Larry King entrevistou todo o tipo de gente. Fê-lo diariamente, provando que, pelo menos num lugar deste mundo, resistia uma estação com meios de produção suficientes para suportar a assertividade de um programa de informação diário. E fê-lo com enorme sucesso.

A razão primeira para esse sucesso é a mais simples: todos os assuntos eram, para Larry King, passíveis de interesse. O que importava era a abordagem que ele lhes fazia, quase sempre inteligente, quase sempre capaz de fazer reportar a conversa às tendências de que ela era mensageira. Larry King não é um intelectual, mas era capaz de extrair o melhor dos intelectuais. Não é um especialista da geopolítica, mas era capaz de decifrar, nas entrelinhas de uma entrevista com um homem da estratégia, o que catalisava a marcha deste mundo. Não é, seguramente, um homem do jet set, da subcultura light, da televisão fácil, mas nem por isso deixou de entrevistar estrelinhas de todo o tipo – e, mesmo nesses casos, as suas entrevistas tiveram interesse.

E isso não denuncia apenas uma personalidade interessada e interessante, cheia de gosto pela vida: atesta também que o grande jornalismo – o verdadeiro jornalismo – durou pelo menos até aos nossos dias. Não tenho a certeza de que haja muito quem tenha aprendido com Larry. Em Portugal, nos próprios EUA e no mundo em geral.

CRÍTICA DE TV ("Crónica TV"). Diário de Notícias, 3 de Junho de 2010

publicado por JN às 19:50

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
joel neto

Joel Neto nasceu em Angra do Heroísmo, em 1974. Publicou “O Terceiro Servo” (romance, 2000), "O Citroën Que Escrevia Novelas Mexicanas” (contos, 2002), “Al-Jazeera, Meu Amor” (crónicas, 2003) e “José Mourinho, O Vencedor” (biografia, 2004). Está traduzido em Inglaterra e na Polónia, editado no Brasil e representado em antologias em Espanha, Itália e Brasil, para além de Portugal. Jornalista, tem trabalhado... (saber mais)
nas redes sociais

livros

"O Terceiro Servo",
ROMANCE,
Editorial Presença,
2000
saber mais...


"O Citroën Que Escrevia
Novelas Mexicanas",
CONTOS,
Editorial Presença,
2002
saber mais...


"Al-Jazeera, Meu Amor",
CRÓNICAS,
Editorial Prefácio
2003
saber mais...


"José Mourinho, O Vencedor",
BIOGRAFIA,
Publicaçõets Dom Quixote,
2004
saber mais...


"Todos Nascemos Benfiquistas
(Mas Depois Alguns Crescem)",
CRÓNICAS,
Esfera dos Livros,
2007
saber mais...


"Crónica de Ouro
do Futebol Português",
OBRA COLECTIVA,
Círculo de Leitores,
2008
saber mais...

arquivos
2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D